DESTAQUE

Grupo de Estudos Tapajós promove encontros para esclarecer informações sobre o Rima da AHE São Luiz do Tapajós

O Grupo de Estudos Tapajós (GET), coordenado pela Eletrobras, promoveu, nos dias 4 e 5 de setembro, encontros com representantes de órgãos públicos, das Prefeituras de Itaituba e de Trairão e dos moradores da localidade de Vila Pimental, São Francisco e Periquito. Os encontros ocorreram nas cidades de Itaituba e Trairão, no Pará. As reuniões tiveram como objetivo apresentar os dados dos Estudos de Impacto Ambiental (EIA) do Aproveitamento Hidrelétrico de São Luiz do Tapajós e tratar sobre as medidas que devem ser tomadas pelo futuro empreendedor que será responsável pela construção da usina após a realização do leilão.

Na ocasião, os integrantes do CNEC Worley Parsons, empresa contratada pelo GET para a realização dos estudos de engenharia e ambientais do projeto, apresentaram os resultados desses estudos. O grupo apresentou o projeto de engenharia e os principais desdobramentos que devem ocorrer nos meios físico (solos e qualidade da água), biótico (fauna e flora) e socioeconômico (perfil da população, de seus modos de vida, de incentivo à economia local e de alternativas de moradia, trabalho e renda). O gerente do Departamento de Meio Ambiente da Eletrobras, Anibal Rodrigues Ribeiro Silva, representou o Grupo de Estudos Tapajós nas reuniões e esclareceu questões a respeito dos estudos.

Após as apresentações, os participantes puderam fazer considerações e tirar dúvidas. As principais questões foram relacionadas ao processo de reassentamento dos moradores das localidades de Vila Pimental, São Francisco e Periquito, em especial os benefícios do empreendimento na região, como as melhorias previstas para os setores de saúde, infraestrutura e educação, além de seus impactos no meio ambiente e nas atividades pesqueira e de mineração.

VOLTAR